A Ialorixá e o Pajé

Enéas Guerra, Mãe Stella de Oxóssi
A Ialorixá e o Pajé é um relato verdadeiro sobre belas lembranças que Mãe Stella de Oxóssi viveu quando era uma jovem enfermeira. A história narra um encontro de Mãe Stella com um Pajé, e a troca de conhecimentos sobre plantas, ervas medicinais, raízes, sementes, folhas e rituais entre uma pessoa nascida na cultura afro-brasileira e outra na cultura indígena. Saiba mais

US$24.80

A Ialorixá e o Pajé é um relato verdadeiro sobre belas lembranças que Mãe Stella de Oxóssi viveu quando era uma jovem enfermeira. A história narra um encontro de Mãe Stella com um Pajé, e a troca de conhecimentos sobre plantas, ervas medicinais, raízes, sementes, folhas e rituais entre uma pessoa nascida na cultura afro-brasileira e outra na cultura indígena.

Características

Autor: Enéas Guerra, Mãe Stella de Oxóssi
ISBN: 978-85-5330-005-1
Editora: Solisluna
Ano de publicação: 2018
Capa: Capa dura
No de páginas: 32
Língua: Português
Dimensões: 28 x 21.6

Mais sobre o livro

 

Mãe Stella de Oxóssi

Maria Stella de Azevedo dos Santos nasceu em Salvador, em 1925, e se formou pela Escola de Enfermagem e Saúde Pública, exercendo a profissão por mais de 30 anos. Mãe Stella, Ialorixá do Terreiro Ilê Axé Opô Afonjá, em Salvador, Bahia, foi iniciada no Candomblé por Mãe Senhora, em 1939. É autora dos livros: E daí aconteceu o encanto, Meu tempo é agora, editora Oduduwa, Òsòsi, o caçador de alegrias, pela Secretaria de Cultura da Bahia, Òwe - Provérbios, Epé Laiyé, terra viva e Opinião. Em 2001, ganhou o prêmio jornalístico Estadão como fomentadora de cultura. Recebeu, dentre outros títulos, os de: Membro Honorário Del Templo Yorubá de Porto Rico, 1993; Medalha Dois de Julho, 1997 e Medalha Maria Quitéria, 1997 – Câmara Municipal de Salvador; Medalha de Ordem ao Mérito da Cultura na Classe Comendador – Presidência da República, 1999; Outorga do título Doutor Honoris Causa/UFBA, 2005; Medalha Zumbi dos Palmares, 2005; Outorga do título Doutor Honoris Causa/UNEB, 2009. Em 2013, foi eleita, por unanimidade, para a Academia de Letras da Bahia.

Enéas Guerra

Nasceu em Botucatu, São Paulo. Formou-se pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP) em 1972 e, desde então, tem se dedicado ao design, à ilustração e às artes gráficas. Desde 1973 mora e trabalha em Salvador na Bahia. Entre os inúmeros trabalhos que realizou, têm destaque as edições de arte de vários livros do etnólogo e fotógrafo Pierre Verger, sendo coautor de dois livros de lendas dos deuses africanos com o mestre Fatumbi – “Oxóssi o Caçador” e “Lendas dos Orixás” – publicados em 1981. Seus trabalhos gráficos encontram-se em livros e revistas editados no Brasil e no exterior. É autor dos livros “Vaporzinho” e “Que Bicho Doido!”, ambos editados pela Solisluna Editora.  

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A Ialorixá e o Pajé”