Aventuras de Hans Staden

Monteiro Lobato
O moço Staden tinha o temperamento aventureiro; não se contentava com o sossego da cidade natal. Queria ver o mundo, viajar, cortar os mares, e insistia nisso por mais que seu pai lhe dissesse que boa romaria faz quem em casa fica em paz.” Assim começa a aventura de Hans Staden, jovem alemão que desembarcou no Brasil pela primeira vez em 1548 e, em sua segunda viagem, foi capturado por índios canibais. Após naufragar na costa brasileira, o aventureiro encontra refúgio e vai trabalhar para a coroa portuguesa no Forte de Bertioga. Ao sair para procurar um escravo, é capturado pelos temidos índios tupinambás, conhecidos por serem antropófagos, isto é, comedores de carne humana! Hans Staden é confundido com um português, povo odiado pela tribo, e agora terá que usar toda sua esperteza para escapar desses apuros. Lobato reconta a história, dessa vez com os personagens do Sítio do Picapau Amarelo como ouvintes. Enquanto a avó narra as aventuras do jovem alemão, Pedrinho, Narizinho e Emília não deixam passar nenhuma dúvida, e Dona Benta faz questão de explicar cada detalhe dessa grande saga. Temas como história e antropologia, a colonização do Brasil, a cultura indígena, costumes, cerimônias e rituais dos índios são apresentados aos leitores. Saiba mais

US$19.48

O moço Staden tinha o temperamento aventureiro; não se contentava com o sossego da cidade natal. Queria ver o mundo, viajar, cortar os mares, e insistia nisso por mais que seu pai lhe dissesse que boa romaria faz quem em casa fica em paz.” Assim começa a aventura de Hans Staden, jovem alemão que desembarcou no Brasil pela primeira vez em 1548 e, em sua segunda viagem, foi capturado por índios canibais.

Após naufragar na costa brasileira, o aventureiro encontra refúgio e vai trabalhar para a coroa portuguesa no Forte de Bertioga. Ao sair para procurar um escravo, é capturado pelos temidos índios tupinambás, conhecidos por serem antropófagos, isto é, comedores de carne humana! Hans Staden é confundido com um português, povo odiado pela tribo, e agora terá que usar toda sua esperteza para escapar desses apuros.

Lobato reconta a história, dessa vez com os personagens do Sítio do Picapau Amarelo como ouvintes. Enquanto a avó narra as aventuras do jovem alemão, Pedrinho, Narizinho e Emília não deixam
passar nenhuma dúvida, e Dona Benta faz questão de explicar cada detalhe dessa grande saga. Temas como história e antropologia, a colonização do Brasil, a cultura indígena, costumes, cerimônias e rituais
dos índios são apresentados aos leitores.

Características

Autor: Monteiro Lobato
ISBN: 978-85-250-6390-8
Editora: Globinho
Ano de publicação: 2017
Capa: Brochura
No de páginas: 168
Edição: Nova edição
Língua: por

Mais sobre o livro

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Aventuras de Hans Staden”