Cacimbo

José de Jesus Barreto
Cacimbo é o estio. Estação sem chuvas em Angola, que se estende de maio ao fim de agosto. O "caximbo", como pronunciam os angolanos, torna-se um estado d'alma. Secura, poeira que tudo impregna e uma profunda saudade. Este livro, na linguagem de um jornalismo-literário tipicamente baiano, retrata as heranças e dessemelhanças entre Luanda e Salvador, cidades fêmeas, filhas das águas, captadas no cacimbo de 1998: Angola é avó da Bahia e dengo tem origem banto--quimbundo, resume o autor. São quase reportagens, quase poemas, como assim se mostra o imbudeiro (baobá), árvore símbolo de Angola, de raízes profundas, tronco largo e ramagem rala. Seus galhos restam desfolhados, ressequidos e empoeirados durante o cacimbo, como a paisagem, as coisas, os entes... Angolanos tempos.   Saiba mais

US$17.30

Cacimbo é o estio. Estação sem chuvas em Angola, que se estende de maio ao fim de agosto. O “caximbo”, como pronunciam os angolanos, torna-se um estado d’alma. Secura, poeira que tudo impregna e uma profunda saudade. Este livro, na linguagem de um jornalismo-literário tipicamente baiano, retrata as heranças e dessemelhanças entre Luanda e Salvador, cidades fêmeas, filhas das águas, captadas no cacimbo de 1998: Angola é avó da Bahia e dengo tem origem banto–quimbundo, resume o autor. São quase reportagens, quase poemas, como assim se mostra o imbudeiro (baobá), árvore símbolo de Angola, de raízes profundas, tronco largo e ramagem rala. Seus galhos restam desfolhados, ressequidos e empoeirados durante o cacimbo, como a paisagem, as coisas, os entes… Angolanos tempos.

 

Características

Autor: José de Jesus Barreto
ISBN: 978-85-8905-925-1
Editora: Solisluna
Ano de publicação: 2010
Capa: Brochura
Subtítulo: Uma Experiência em Angola
No de páginas: 96
Língua: Português
Dimensões: 21 x 14.8

Mais sobre o livro

José de Jesus Barreto

Nascido em Salvador, José de Jesus Barreto vive de seus escritos desde 1970, quando começou no jornalismo impresso, jornais e revistas. Passou também por rádio, tevê e escreve livros. Pela Solisluna Editora , é autor dos textos da trilogia ‘Entre Amigos’ / Fundação Pierre Verger: “Carybé & Verger – Gente da Bahia”, “Carybé, Verger & Caymmi – Mar da Bahia” e “Carybé, Verger & Jorge – Obás da Bahia”. Pela mesma editora lançou “Candomblé da Bahia – Resistência e Identidade de um Povo de Fé” e “Cacimbo –Uma experiência em Angola”. Em parceria com o jornalista Otto Freitas, escreveu dois volumes da coleção ‘Gente da Bahia – Perfis’ da Assembléia Legislativa da Bahia; um sobre o pintor Carybé e o outro sobre Mestre Pastinha, o criador da Capoeira de Angola.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Cacimbo”