Quando os Livros Foram à Guerra

Molly Guptill Manning
Os livros eram amados – e disputados – pelas tropas, e ainda hoje são lembrados com carinho pelos veteranos. Os livros foram peça fundamental da vitória de uma guerra que somou mais de quarenta milhões de vítimas. Afinal, a arma mais poderosa de Hitler não foi um avião, uma bomba ou um rolo compressor de tanques, mas sim o livro Mein Kampf. E foi nesse conflito que os títulos da Armed Services Editions tiveram seu papel mais importante: viraram armas vitais na guerra de ideias.  
*No momento, este livro só poderá ser entregue
 em endereços nos Estados Unidos.
Saiba mais

US$22.10

Os livros eram amados – e disputados – pelas tropas, e ainda hoje são lembrados com carinho pelos veteranos. Os livros foram peça fundamental da vitória de uma guerra que somou mais de quarenta milhões de vítimas. Afinal, a arma mais poderosa de Hitler não foi um avião, uma bomba ou um rolo compressor de tanques, mas sim o livro Mein Kampf. E foi nesse conflito que os títulos da Armed Services Editions tiveram seu papel mais importante: viraram armas vitais na guerra de ideias.

 

*No momento, este livro só poderá ser entregue
 em endereços nos Estados Unidos.

Características

Autor: Molly Guptill Manning
ISBN: 978-85-7734-562-5
Editora: Casa da Palavra
Ano de publicação: 2015
Capa: Brochura
No de páginas: 272
Língua: Português
Dimensões: 22.8 x 15.6

Mais sobre o livro

“Intrigante. Uma perspectiva nova sobre a guerra o poder dos livros.” Kirkus Review A história inspiradora de soldados que viram nos livros um meio de tornar a guerra mais humana e suportável; 120 milhões de livros especiais, e autores e obras que elevaram os espíritos de nossas tropas. A Armed Services Editions, editora que se especializou em publicar livros especiais e adequados a soldados em campos de guerra, lançou um total de 1.200 títulos. Os soldados os liam enquanto esperavam para desembarcar na Normandia, nas trincheiras infernais em meio às batalhas no Pacífico, à espera da recuperação de ferimentos em hospitais. Molly Guptill Manning é autora de The Myth of Ephraim Tutt e de diversos artigos veiculados em publicações como Columbia Journal of Law and Arts. Tem mestrado em História Americana pela Universidade da Albânia e doutorado em Direito. Atualmente, trabalha procuradora de justiça na United States Court of Appeals for the Second Circuit, em Nova York.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Quando os Livros Foram à Guerra”