A menina sem cor

Fernanda Emediato, Yasmin Mundaca
A menina sem cor de Fernanda Emediato conta a história de Mimi foi adotada ainda bebê, mas só descobre esse fato aos seis anos, ao perguntar aos pais por que, diferente deles, ela tem a pele escura. Após essa descoberta, Mimi passa a se questionar sobre as diferenças de cor e começa a desejar ter nascido branca. No meio desses questionamentos conhece Olívia, uma garotinha, também de seis anos, albina, que mostra a ela como é bom ser diferente e como todas as cores são bonitas e importantes. Saiba mais

US$17.90

A menina sem cor de Fernanda Emediato conta a história de Mimi foi adotada ainda bebê, mas só descobre esse fato aos seis anos, ao perguntar aos pais por que, diferente deles, ela tem a pele escura. Após essa descoberta, Mimi passa a se questionar sobre as diferenças de cor e começa a desejar ter nascido branca.

No meio desses questionamentos conhece Olívia, uma garotinha, também de seis anos, albina, que mostra a ela como é bom ser diferente e como todas as cores são bonitas e importantes.

Características

Autor: Fernanda Emediato, Yasmin Mundaca
ISBN: 978-65-8843-604-2
Editora: Tróia Editora
Capa: brochura
No de páginas: 24
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 28.0 x 21.0

Mais sobre o livro

Sobre a autora

Fernanda Emediato foi uma menina perdida no seu quintal, a Serra da Cantareira, na Grande São Paulo. Os seus primeiros amigos foram macacos, cachorros, tucanos, quatis, esquilos, cigarras e garante que tinha uma amiguinha especial, uma onça que cismava em aparecer no quintal justamente quando ela estava sozinha. Outro escudeiro fiel era o gato vira -lata Tico. Num ataque de um lobo ele a defendeu e perdeu o rabo na briga. A menina cresceu, formou -se em publicidade e atualmente é editora -executiva da Geração Editorial, onde trabalha desde os 15 anos, mas ainda não esqueceu dos amigos especiais e todo final de semana sobe a serra para encontrá-los.

Sobre a Ilustradora

Yasmin Mundaca nasceu no Chile, mas vive no Brasil desde criança – em Indaiatuba, interior de São Paulo. É ilustradora formada pela Quanta Academia de Artes de São Paulo e tem livros publicados no Brasil e no exterior. Vive desde pequenina entre lápis de cor e desenhos. Cria tudo à moda antiga, usando as mãos, lápis, tinta e papel, sem computador. É, definitivamente, autora de cada linha, ponto, traço e cor. Yasmin adora ilustrar e, à noite, quando está tudo quieto, gosta de imaginar que seus personagens ganham vida e se divertem em loucas aventuras.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A menina sem cor”