O homem que sabia demais

David Leavitt
O homem que sabia demais é a biografia do matemático britânico Alan Turing, que inventou o computador. Tímido, considerado excêntrico pelos que não o conheciam bem, ele mostrou aos amigos mais próximos humor e sinceridade mesmo com relação à sua homossexualidade. Gênio, concluiu o mestrado e recebeu prêmios por seu trabalho sobre a Teoria das Probabilidades. Ficou famoso pelas pesquisas no campo da inteligência artificial. No final de sua vida, foi condenado por violar leis anti-homossexuais, e em 1954, cometeu suicídio. Saiba mais

US$24.80

O homem que sabia demais é a biografia do matemático britânico Alan Turing, que inventou o computador. Tímido, considerado excêntrico pelos que não o conheciam bem, ele mostrou aos amigos mais próximos humor e sinceridade mesmo com relação à sua homossexualidade. Gênio, concluiu o mestrado e recebeu prêmios por seu trabalho sobre a Teoria das Probabilidades. Ficou famoso pelas pesquisas no campo da inteligência artificial. No final de sua vida, foi condenado por violar leis anti-homossexuais, e em 1954, cometeu suicídio.

Características

Autor: David Leavitt
ISBN: 978-85-9956-027-3
Editora: Novo Conceito
Ano de publicação: 2007
Subtítulo: Alan Turing e a invenção do computador
No de páginas: 224
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 23.4 x 15.6

Mais sobre o livro

Sobre o autor:

David Leavitt é um romancista, escritor de contos e biógrafo americano. Em 1981, publicou sua primeira história, “Território”, na revista The New Yorker. O primeiro livro de contos, Family Dancing, veio em 1984. Em 1986 publicou seu primeiro romance, The Lost Language of Cranes.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O homem que sabia demais”