Oferta!

O mal radical em Freud

Luiz Alfredo Garcia-Roza
Este livro analisa os fundamentos do conceito de pulsão de morte entendido como princípio criador, suas bases filosóficas, sua articulação com o inconsciente e seu alcance para a teoria psicanalítica. O termo "mal radical" foi empregado por Kant para designar uma propensão natural ao mal inerente ao ser humano. Freud, ao postular o conceito de pulsão de morte, afirma sua autonomia entendida como pulsão de destruição. E Lacan concebe-o não como uma tendência, mas como uma vontade de destruição, vontade de criação, de recomeçar. Saiba mais

US$15.98 US$22.45

Este livro analisa os fundamentos do conceito de pulsão de morte entendido como princípio criador, suas bases filosóficas, sua articulação com o inconsciente e seu alcance para a teoria psicanalítica.

O termo “mal radical” foi empregado por Kant para designar uma propensão natural ao mal inerente ao ser humano. Freud, ao postular o conceito de pulsão de morte, afirma sua autonomia entendida como pulsão de destruição. E Lacan concebe-o não como uma tendência, mas como uma vontade de destruição, vontade de criação, de recomeçar.

Características

Autor: Luiz Alfredo Garcia-Roza
ISBN: 978-85-378-0786-6
Editora: Zahar
Ano de publicação: 2015
Capa: Brochura
No de páginas: 168
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 21.0 x 14.0

Mais sobre o livro

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O mal radical em Freud”