E foram deixados para trás

Licio de Araujo Vale
Diariamente cerca de 38 pessoas tiram a própria vida em nosso país. Vivemos um momento de aumento do número de reportagens sobre o suicídio entre os jovens. O suicídio é uma tragédia silenciosa e silenciada, e um tabu social tende a ocultar sua realidade. Aos que ficam, o suicídio impõe o choque e a violência do abandono. A dor causada por um suicídio é silenciada na vida da pessoa e ocultada na história da família: foram deixados para trás, sem direito a despedida, sem compreender os porquês. Convicto de que o suicídio é uma questão e um problema de saúde pública que pode ser prevenido, o autor, filho de um suicida, desmistifica as questões que permeiam esse ato e aborda a dor dos que ficam e a visão das religiões a esse respeito. Saiba mais

US$17.40

Diariamente cerca de 38 pessoas tiram a própria vida em nosso país. Vivemos um momento de aumento do número de reportagens sobre o suicídio entre os jovens. O suicídio é uma tragédia silenciosa e silenciada, e um tabu social tende a ocultar sua realidade.
Aos que ficam, o suicídio impõe o choque e a violência do abandono. A dor causada por um suicídio é silenciada na vida da pessoa e ocultada na história da família: foram deixados para trás, sem direito a despedida, sem compreender os porquês.
Convicto de que o suicídio é uma questão e um problema de saúde pública que pode ser prevenido, o autor, filho de um suicida, desmistifica as questões que permeiam esse ato e aborda a dor dos que ficam e a visão das religiões a esse respeito.

Características

Autor: Licio de Araujo Vale
ISBN: 978-85-15-04479-5
Editora: Edições Loyola
Ano de publicação: 2017
Capa: Brochura
Subtítulo: Uma reflexão sobre o fenômeno do suicídio
No de páginas: 136
Língua: Português
Dimensões: 21 x 14

Mais sobre o livro

"Não tenho dúvidas de que estas páginas vão lhe trazer boas inspirações. Ao final delas, você terá um novo jeito de olhar a vida. E a vida terá para você ainda mais valor." Dalcides Biscalquin
"Este livro chega em boa hora, em um momento de aumento do número de reportagens sobre o suicídio entre os jovens. Que as reflexões tão sensíveis e fran- cas aqui contidas possam auxiliar pais e filhos a dialo- garem sobre as dores da existência, sobre transtornos mentais, sobre como podemos estar mais atentos e solidários, para cuidarmos bem de nós e dos outros." Dr. Neury José Botega
  Pe. Licio de Araujo Vale é bacharel em Filosofia pela PUC-SP e em Teologia pela Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção. É padre diocesano desde 1983, incardinado na Diocese de São Miguel Paulista - SP. Foi secretário executivo do Regional Sul 1 da CNBB (SP) por oito anos (1996-2003). Atualmente é pároco da Paróquia Sagrada Família de Vila Praia, São Paulo - SP.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “E foram deixados para trás”