Também quero ser grande

Paula Furtado

Paula Furtado é pedagoga formada pela PUC-SP.  Psicopedagoga e Arteterapeuta pelo Instituto Sedes Sapietiae. Fez também Psicopedagogia da Educação Especial, A Arte de Contar Histórias e Os Contos de Fada na visão Junguiana, na mesma instituição. Neuropsicopedagoga pela Facon. Trabalhou como professora de educação infantil e ensino fundamental na rede particular de ensino

É assessora pedagógica em escolas da rede pública e particular.

Em sua clínica particular localizada em São Paulo, no bairro Real Parque, atende crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizado.

Ministra cursos para formação de educadores na rede pública e particular, onde os temas mais solicitados são:

–  Trabalhando as habilidades cognitivas no ensino da gramática e ortografia

–  Contos de fadas no contexto pedagógico

–  Contos de fadas como recurso terapêutico

Saiba mais

$16.50

Paula Furtado é pedagoga formada pela PUC-SP.  Psicopedagoga e Arteterapeuta pelo Instituto Sedes Sapietiae. Fez também Psicopedagogia da Educação Especial, A Arte de Contar Histórias e Os Contos de Fada na visão Junguiana, na mesma instituição. Neuropsicopedagoga pela Facon. Trabalhou como professora de educação infantil e ensino fundamental na rede particular de ensino

É assessora pedagógica em escolas da rede pública e particular.

Em sua clínica particular localizada em São Paulo, no bairro Real Parque, atende crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizado.

Ministra cursos para formação de educadores na rede pública e particular, onde os temas mais solicitados são:

–  Trabalhando as habilidades cognitivas no ensino da gramática e ortografia

–  Contos de fadas no contexto pedagógico

–  Contos de fadas como recurso terapêutico

Características

Autor: Paula Furtado
ISBN: 978-65-5530-010-9
Editora: Girassol
Capa: Brochura
No de páginas: 16
Língua: Português
Dimensões: 21.6 x 21.6

Mais sobre o livro

Há oito anos, Isabela era fi lha única de uma família de
girafas muito esperta. E vinha a caminho a girafi nha
Catarina. Quando a irmã nasceu, Isabela tratava
a caçula como uma bonequinha. Isabela
também queria ser paparicada. Mas quando
Catarina cresceu, tudo se inverteu. Vire as páginas
deste livro e descubra como termina essa
emocionante e delicada história.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Também quero ser grande”