Arte, mulheres, violência

Raimunda Bedasee
“Eu me encontrava nesse estado de horror quando quatro rapazes provavelmente a caminho de uma festa chegaram ao ponto enquanto que o homem fechava o seu zíper e se afastava sem olhar para trás.” “Enquanto eu me abaixava, os meus braços quase tocavam o chão: eu estava quase de quatro. As minhas veias do pescoço pareciam fios grossos de aço - a minha nuca era uma rocha, cabeça e pescoço se confundiam na largura, na dureza, na rigidez. Eu tossia, eu sufocava. O meu peito se abria como o peito de um animal feroz - duas placas de bronze. Os músculos se expandiam sustentados pelas quatro patas de concreto. Olhava em volta ameaçadora, revoltada, queria vingar a enfermeira, queria vingar todas as mulheres. A raiva tomou conta de mim.”
*Este livro não poderá ser entregue em Portugal.
Saiba mais

US$16.70

“Eu me encontrava nesse estado de horror quando quatro rapazes provavelmente a caminho de uma festa chegaram ao ponto enquanto que o homem fechava o seu zíper e se afastava sem olhar para trás.”

“Enquanto eu me abaixava, os meus braços quase tocavam o chão: eu estava quase de quatro. As minhas veias do pescoço pareciam fios grossos de aço – a minha nuca era uma rocha, cabeça e pescoço se confundiam na largura, na dureza, na rigidez. Eu tossia, eu sufocava. O meu peito se abria como o peito de um animal feroz – duas placas de bronze. Os músculos se expandiam sustentados pelas quatro patas de concreto. Olhava em volta ameaçadora, revoltada, queria vingar a enfermeira, queria vingar todas as mulheres. A raiva tomou conta de mim.”

*Este livro não poderá ser entregue em Portugal.

Características

Autor: Raimunda Bedasee
ISBN: 978-989-52-5827-7
Editora: Chiado Editora
Ano de publicação: 23/07/2019
Capa: Brochura
No de páginas: 72
Língua: Português
Dimensões: 21.6 x 14

Mais sobre o livro

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Arte, mulheres, violência”