Oferta!

Anne de Avonlea

Guimarães, Márcia Soares, Montgomery, Lucy Maud
Anne Shirley agora tem 16 anos. Terminados os estudos de nível médio, desistiu do curso superior para ficar com a mãe adotiva, Marilla, em Green Gables. É a nova professora da escola da vila, assim como vários de seus amigos são professores em outros condados da ilha. Tem conceitos idealistas e românticos sobre ensinar, mas acaba descobrindo quão difícil – e gratificante – o ensino pode ser. Quando Marilla “herda” dois parentes, órfãos de 6 anos, Anne ajuda a criá-los. E encontra também outros desafios, desenvolvendo alguns projetos de melhoria da vila, nem todos com resultados positivos... Apesar das responsabilidades e de já ser considerada adulta pela sociedade, a história não deixa de mostrar o lado inocente, alegre e inventivo de Anne Shirley, e seu amor pela vida, sempre cheia de possibilidades. Neste segundo volume, Lucy Maud Montgomery continua a nos cativar com seu humor único, com pitadas de malícia, e com seus personagens bem construídos, cujas ações são sempre permeadas por valores essenciais à convivência e à consciência humanas. Saiba mais

US$18.30 US$27.30

Anne Shirley agora tem 16 anos. Terminados os estudos de nível médio, desistiu do curso superior para ficar com a mãe adotiva, Marilla, em Green Gables.

É a nova professora da escola da vila, assim como vários de seus amigos são professores em outros condados da ilha. Tem conceitos idealistas e românticos sobre ensinar, mas acaba descobrindo quão difícil – e gratificante – o ensino pode ser.

Quando Marilla “herda” dois parentes, órfãos de 6 anos, Anne ajuda a criá-los. E encontra também outros desafios, desenvolvendo alguns projetos de melhoria da vila, nem todos com resultados positivos…

Apesar das responsabilidades e de já ser considerada adulta pela sociedade, a história não deixa de mostrar o lado inocente, alegre e inventivo de Anne Shirley, e seu amor pela vida, sempre cheia de possibilidades.

Neste segundo volume, Lucy Maud Montgomery continua a nos cativar com seu humor único, com pitadas de malícia, e com seus personagens bem construídos, cujas ações são sempre permeadas por valores essenciais à convivência e à consciência humanas.

Características

Autor: Guimarães, Márcia Soares, Montgomery, Lucy Maud
ISBN: 978-85-513-0816-5
Editora: Grupo Autêntica
Ano de publicação: 2020
Capa: Brochura
No de páginas: 288
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 23.4 x 15.6

Mais sobre o livro

Sobre a autora

Lucy Maud Montgomery (1874-1942) nasceu em New London, Prince Edward Island, no Canadá. Quando tinha quase 2 anos de idade, sua mãe morreu de tuberculose. O pai a deixou, então, aos cuidados dos avós maternos e se mudou para o oeste do país, onde se estabeleceu e se casou novamente. Como a única criança vivendo com um casal de idosos, Lucy encontrou apoio em sua imaginação, na natureza, nos livros e na escrita. Aos 9 anos, começou a escrever poesia e a manter um diário. De 1893 a 1894, estudou para professora na Prince of Wales College, formando-se com distinção após completar o curso na metade do tempo previsto. Em 1905, escreveu seu primeiro e mais famoso romance: Anne de Green Gables. À época, enviou o manuscrito para cinco editores, que o rejeitaram. Lucy guardou-o, então, em uma caixa de chapéus. Somente dois anos depois encontrou o manuscrito, releu-o e decidiu tentar novamente publicá-lo. A obra foi aceita pela L. C. Page, de Boston, Massachusetts, e publicada em 1908. Bestseller imediato, o livro marcou o início da carreira de sucesso de L. M. Montgomery como romancista. Ao todo, ela publicou 20 romances (9 deles protagonizados por Anne Shirley), mais de 500 contos, um livro de poesia e uma autobiografia.Em 1911, casou-se com o reverendo Ewan Macdonald, de quem estava secretamente noiva há cinco anos. O casal se mudou para Leaskdale, Ontário, onde Macdonald era ministro da Igreja Presbiteriana. Tiveram três filhos: Chester, Stuart e Hugh, que nasceu morto. Mesmo com obras já consagradas pelo público, além de escrever romances, contos e poemas, ajudava o marido em seus deveres pastorais e cuidava da casa e dos filhos. Sensível e inteligente, Lucy M. Montgomery imortalizou Prince Edward Island, local em que cresceu, por meio de maravilhosas descrições da vida, da natureza, da comunidade e das pessoas da pequena província. Todos os anos, milhares de turistas, direta ou indiretamente influenciados pelo modo de vida descrito em seus livros, vão à ilha para conhecer o lugar que ela tanto amava. Faleceu em 24 de abril de 1942, em Toronto, Canadá. Confira as primeiras páginas deste livro aqui:

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Anne de Avonlea”