Todos Contra Todos

Leandro Karnal
A internet não criou os idiotas, mas deu energia e proteção para o ódio dos covardes.” Leandro Karnal derruba o mito do brasileiro pacífico “Só eu e você, caro leitor, cara leitora, não odiamos nem somos violentos, muito menos preconceituosos”, diz Karnal. Uma brincadeira irônica para mostrar o quanto transferimos para o outro o que temos de ruim. Um livro polêmico, provocativo e instigante no qual ele afirma que o ódio é um dos espelhos mais poderosos para olharmos nosso próprio rosto. Que a maldade é tão próxima do ódio quanto da inveja.  
*No momento, este livro só poderá ser entregue em 
endereços nos Estados Unidos.
 
Saiba mais

US$10.00

A internet não criou os idiotas, mas deu energia e proteção para o ódio dos covardes.” Leandro Karnal derruba o mito do brasileiro pacífico “Só eu e você, caro leitor, cara leitora, não odiamos nem somos violentos, muito menos preconceituosos”, diz Karnal. Uma brincadeira irônica para mostrar o quanto transferimos para o outro o que temos de ruim. Um livro polêmico, provocativo e instigante no qual ele afirma que o ódio é um dos espelhos mais poderosos para olharmos nosso próprio rosto. Que a maldade é tão próxima do ódio quanto da inveja.

 

*No momento, este livro só poderá ser entregue em 
endereços nos Estados Unidos.

 

Características

Autor: Leandro Karnal
ISBN: 978-85-441-0532-0
Editora: Leya
Ano de publicação: 2017
Capa: Brochura
Subtítulo: O ódio nosso de cada dia
No de páginas: 136
Língua: Português
Dimensões: 22.9 x 15.2

Mais sobre o livro

Em tempos de coxinhas contra petralhas, xenófobos, misóginos e homofóbicos contra imigrantes, o novo feminismo e os movimentos LGBT, em tempos do politicamente correto contra os seus críticos mais mordazes, Leandro Karnal mostra que a história e a realidade revelam um lado sombrio do brasileiro que costumamos não reconhecer: somos violentos no trânsito, nas ruas, nos comentários das redes sociais e fofocas nas esquinas; somos violentos ao torcer por nosso time e ao votar; somos violentos cotidianamente. Em Todos contra todos, Leandro Karnal combina as características que o transformaram no historiador e pensador mais pop do Brasil: erudição e leveza, profundidade e humor. Elas se unem nas páginas deste livro para serem saboreadas pelos leitores. Todos contra todos escancara a polêmica das palavras agressivas, a natureza das reações raivosas dirigidas ao outro e o porquê de escondermos de nós mesmos as pequenas e grandes maldades do dia a dia.

Leandro Karnal

Leandro Karnal é um intelectual formado em história que atua como professor e escritor. O pensador ajuda a divulgar conhecimento ministrando palestras e cursos Brasil afora, muitos desses vídeos são divulgados no youtube.

Frases de Leandro Karnal

Facilidade é o nome que os vagabundos dão ao esforço alheio.
A vida é muito curta para que se perca tempo numa existência medíocre.
Felicidade é conservar energia para coisas que valem a pena.
Pessoas elevadas falam de ideias; pessoas medianas falam de fatos; pessoas vulgares falam de pessoas.
Eu gosto de dizer coisas que tirem as pessoas das zonas de conforto mentais.
A solidão não quer dizer um isolamento, mas é a consciência que a minha dor é minha dor, e de fato ninguém é responsável pelo meu fracasso e ninguém é responsável pela minha felicidade.

Livros publicados

  • Estados Unidos: a formação da nação (2001)
  • Oriente médio (2002)
  • História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas (vários autores) (2003)
  • História dos Estados Unidos (2010)
  • Conversas com um jovem professor (2012)
  • Pecar e perdoar (2014)
  • Felicidade ou morte (escrito com Clóvis de Barros Filho) (2016)
  • Verdades e mentiras: ética e democracia no Brasil (vários autores) (2016)
  • A detração: breve ensaio sobre o maldizer (2016)
  • Todos contra todos: o ódio nosso de cada dia (2017)
  • Crer ou não crer: uma conversa sem rodeios entre um historiador ateu e um padre católico (escrito com Pr.Fábio de Melo) (2017)
  • Diálogo de culturas (2017)
  • Santos fortes: raízes do sagrado no Brasil (escrito com Luiz Estevam de Oliveira Fernandes) (2017)
  • O mundo como eu vejo (2018)
  • O que aprendi com Hamlet (2018)
  • O dilema do porco espinho: como encarar a solidão (2018)
  • O inferno somos nós: do ódio à cultura de paz (escrito com Monja Coen) (2018)
  • O coração das coisas (2019)
  • Felicidade: modos de usar (escrito com Cortella e Pondé) (2019)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Todos Contra Todos”