Desorientais

Alice Ruiz S
“Alice soube cavar uma maneira pessoal de se relacionar com essas formas mínimas, sem perder o gosto pela brincadeira zen, mas sem também vulgarizá-la com exotismo ou fascínio hipertrofiado — daí seu desafio quase provocativo de nomear o conjunto de Desorientais.” Arnaldo Antunes
Saiba mais

US$27.00

“Alice soube cavar uma maneira pessoal de se relacionar com essas formas mínimas, sem perder o gosto pela brincadeira zen, mas sem também vulgarizá-la com exotismo ou fascínio hipertrofiado — daí seu desafio quase provocativo de nomear o conjunto de Desorientais.”

Arnaldo Antunes

Características

Autor: Alice Ruiz S
ISBN: 9788573210392
Editora: Iluminuras
Ano de publicação: 2013
Capa: Brochura
Subtítulo: Haikais
No de páginas: 128
Edição: 1 ed.
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 21 x 14

Mais sobre o livro

Sobre a autora

Cultura: Alice Ruiz participa do projeto Um Escritor na Biblioteca - Agência Estadual de NotíciasAlice Ruiz, poeta e haikaista, nasceu em Curitiba-PR, em 22 de janeiro de 1946. Começou a escrever contos com 9 anos de idade, e versos aos 16. Aos 26 anos publicou pela primeira vez seus poemas em revistas e jornais culturais. Lançou seu primeiro livro aos 34 anos e publicou, até agora, 21 livros, entre poesia, traduções e uma história infantil. Para além de seu perfil escritora, Alice compõe letras e tem diversas canções gravadas por parceiros e intérpretes. Lançou, em 2005, seu primeiro CD, o Paralelas, em parceria com Alzira Espíndola, pela Duncan Discos, com as participações especialíssimas de Zélia Duncan e Arnaldo Antunes. Antes da publicação de seu primeiro livro, Navalhanaliga, em dezembro de 1980, já havia escrito textos feministas, no início dos anos 1970 e editado algumas revistas, além de textos publicitários e roteiros de histórias em quadrinhos. Alguns de seus primeiros poemas foram publicados somente em 1984, quando lançou Pelos Pêlos pela Brasiliense. Já ganhou vários prêmios, incluindo o Jabuti de Poesia, de 1989, pelo livro Vice Versos e o Jabuti de Poesia, de 2009, pelo livro Dois em Um. Tem poemas traduzidos e publicados em antologias nos Estados Unidos, Bélgica, México, Argentina, Espanha e Irlanda, tendo sido também convidada como palestrante na Bienal de Lenguas da América no México e na Europalia Brasil em Bruxelas.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Desorientais”