A felicidade é inútil

Clóvis de Barros Filho

ESTE LIVRO NÃO ENSINA NINGUÉM A SER FELIZ.

Tampouco a viver momentos de felicidade. Também ficarei devendo alguma fórmula para medir ou simplesmente diagnosticar a felicidade própria ou alheia. No entanto, ao longo das páginas, aqui e acolá, pode haver algum prazer. Uma satisfação decorrente da graça de uma ideia, da pertinência de algum exemplo. Ao afirmar que a felicidade é inútil, não sugiro que ela não tenha valor. Que seja ruim. Que não valha a pena persegui-la ou entender do que se trata. Pelo contrário. O inútil pode ser bom. Não prestar pra nada pode indicar uma preciosidade inestimável. O bem supremo. Aqui você se coça: – Como assim? Onde pode estar o valor de uma coisa que não presta pra nada? Se esse questionamento não lhe interessa, se o que você espera da leitura de algo com “felicidade” no título não coincide com o que este livro promete, melhor recolocá-lo na estante. Agora, se a ideia de uma coisa inútil ser preciosa desperta uma inquietação em você, vá para o caixa.

Com prefácio escrito pela Monja Coen Roshi, em formato pocket para ser levado para qualquer lugar, A Felicidade é Inútil, escrito por um dos mais relevantes pensadores da atualidade, o Prof. Clóvis de Barros Filho. “Faço aqui uma espécie de defesa da vida. Alguns momentos da existência se bastam e esgotam neles mesmos a sua razão de ser” - o autor
Este livro só pode ser entregue na
Europa, Estados Unidos e Canadá.
Saiba mais

US$25.50

Em estoque

ESTE LIVRO NÃO ENSINA NINGUÉM A SER FELIZ.

Tampouco a viver momentos de felicidade. Também ficarei devendo alguma fórmula para medir ou simplesmente diagnosticar a felicidade própria ou alheia. No entanto, ao longo das páginas, aqui e acolá, pode haver algum prazer. Uma satisfação decorrente da graça de uma ideia, da pertinência de algum exemplo.
Ao afirmar que a felicidade é inútil, não sugiro que ela não tenha valor. Que seja ruim. Que não valha a pena persegui-la ou entender do que se trata. Pelo contrário. O inútil pode ser bom. Não prestar pra nada pode indicar uma preciosidade inestimável. O bem supremo.
Aqui você se coça:
– Como assim? Onde pode estar o valor de uma coisa que não presta pra nada?
Se esse questionamento não lhe interessa, se o que você espera da leitura de algo com “felicidade” no título não coincide com o que este livro promete, melhor recolocá-lo na estante.
Agora, se a ideia de uma coisa inútil ser preciosa desperta uma inquietação em você, vá para o caixa.

Com prefácio escrito pela Monja Coen Roshi, em formato pocket para ser levado para qualquer lugar, A Felicidade é Inútil, escrito por um dos mais relevantes pensadores da atualidade, o Prof. Clóvis de Barros Filho.

“Faço aqui uma espécie de defesa da vida. Alguns momentos da existência se bastam e esgotam neles mesmos a sua razão de ser” – o autor

Este livro só pode ser entregue na
Europa, Estados Unidos e Canadá.

Características

Autor: Clóvis de Barros Filho
ISBN: 978-65-5047-022-7
Editora: Citadel Editora
Ano de publicação: 2019
Capa: Brochura
No de páginas: 288
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 10 x 15

Mais sobre o livro

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A felicidade é inútil”