A Rainha do Ignoto

Emília Freitas

O primeiro romance fantástico nacional e escrito por uma mulher


A Rainha do Ignoto (1899), discorrendo sobre temas relacionados à alma feminina e sua situação na sociedade patriarcal, revela uma sociedade secreta de mulheres, hierarquicamente organizada em uma ilha, denominada Ilha do Nevoeiro, governada por uma Rainha que recrutava mulheres a partir do sofrimento vivenciado por elas no cotidiano. A Rainha do Ignoto é uma curiosa narrativa que, lembrando velhas lendas, recria num clima de mistério a beleza dos contos europeus. O grande interesse do livro está na criação de uma utópica comunidade de mulheres, uma comunidade perfeita, a das chamadas paladinas que só fazem o bem e buscam ajudar aos perseguidos.

Saiba mais

US$28.38

O primeiro romance fantástico nacional e escrito por uma mulher


A Rainha do Ignoto (1899), discorrendo sobre temas relacionados à alma feminina e sua situação na sociedade patriarcal, revela uma sociedade secreta de mulheres, hierarquicamente organizada em uma ilha, denominada Ilha do Nevoeiro, governada por uma Rainha que recrutava mulheres a partir do sofrimento vivenciado por elas no cotidiano. A Rainha do Ignoto é uma curiosa narrativa que, lembrando velhas lendas, recria num clima de mistério a beleza dos contos europeus. O grande interesse do livro está na criação de uma utópica comunidade de mulheres, uma comunidade perfeita, a das chamadas paladinas que só fazem o bem e buscam ajudar aos perseguidos.

Características

Autor: Emília Freitas
ISBN: 9788567566276
Editora: Editora Wish
Ano de publicação: 2020
Capa: Capa dura
No de páginas: 416
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 23.4 x 15.6

Mais sobre o livro

Prefácio escrito por Alexander Meireles da Silva e posfácio com autoria de Adrianna Alberti.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A Rainha do Ignoto”