Escravidão – Vol. 1

Laurentino Gomes

Escravidão – Vol. 1, sobre a história da escravidão no Brasil, é o primeiro livro da nova trilogia de Laurentino Gomes. O jornalista e escritor recebeu diversos prêmios e vendeu mais de 2,5 milhões de exemplares no Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos com a série 1808, 1822 e 1889 sobre a história do Brasil.

Nenhum outro assunto é tão importante e tão definidor da nossa identidade nacional quanto a escravidão. Conhecê-lo ajuda a explicar o que fomos no passado, o que somos hoje e, por fim, o que seremos daqui para a frente. A obra é resultado de seis anos de pesquisas e observações, que incluíram viagens por doze países e três continentes. Este primeiro volume cobre um período de 250 anos. Vai do primeiro leilão de cativos africanos registrado em Portugal, na manhã de 8 de agosto de 1444, até a morte de Zumbi dos Palmares.

Entre outros aspectos, Laurentino explica as raízes da escravidão humana na Antiguidade e na própria África antes da chegada dos portugueses. Parte do início do tráfico de cativos para as Américas e suas razões, os números, os bastidores e os lucros do negócio negreiro, além da trajetória de alguns de seus personagens mais importantes. Entre eles, o Infante Dom Henrique, patrono das grandes navegações e descobrimentos do século XV. Além disso, ele foi um dos primeiros grandes traficantes de escravos no Atlântico.

Dor e sofrimento

Esta é uma história de dor e sofrimento cujos traços ainda são visíveis atualmente em muitos dos locais visitados pelo autor, como Luanda, em Angola; Ajudá, no Benim; Cidade Velha, em Cabo Verde; Liverpool, na Inglaterra; e o cais do Valongo, no Rio de Janeiro.

Maior território escravista do hemisfério ocidental, o Brasil recebeu cerca de 5 milhões de cativos africanos, 40% do total de 12,5 milhões embarcados para a América ao longo de três séculos e meio. Como resultado, o país tem hoje a maior população negra do planeta, com exceção apenas da Nigéria. Foi também, entre os países do Novo Mundo, o que mais tempo resistiu a acabar com o tráfico de pessoas e o último a abolir o cativeiro, por meio da Lei Áurea de 1888 — quatro anos depois de Porto Rico e dois depois de Cuba.

Os dois volumes seguintes ao Escravidão – Vol. 1, a serem publicados até as vésperas do bicentenário da Independência Brasileira, em 2022, serão dedicados ao século XVIII, o auge do tráfico de escravos, e ao movimento abolicionista que resultou na Lei Áurea de 13 de maio de 1888, chegando até o persistente legado da escravidão que ainda hoje assombra o futuro dos brasileiros.  
Saiba mais

US$40.30

Escravidão – Vol. 1, sobre a história da escravidão no Brasil, é o primeiro livro da nova trilogia de Laurentino Gomes. O jornalista e escritor recebeu diversos prêmios e vendeu mais de 2,5 milhões de exemplares no Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos com a série 1808, 1822 e 1889 sobre a história do Brasil.

Nenhum outro assunto é tão importante e tão definidor da nossa identidade nacional quanto a escravidão. Conhecê-lo ajuda a explicar o que fomos no passado, o que somos hoje e, por fim, o que seremos daqui para a frente. A obra é resultado de seis anos de pesquisas e observações, que incluíram viagens por doze países e três continentes. Este primeiro volume cobre um período de 250 anos. Vai do primeiro leilão de cativos africanos registrado em Portugal, na manhã de 8 de agosto de 1444, até a morte de Zumbi dos Palmares.

Entre outros aspectos, Laurentino explica as raízes da escravidão humana na Antiguidade e na própria África antes da chegada dos portugueses. Parte do início do tráfico de cativos para as Américas e suas razões, os números, os bastidores e os lucros do negócio negreiro, além da trajetória de alguns de seus personagens mais importantes. Entre eles, o Infante Dom Henrique, patrono das grandes navegações e descobrimentos do século XV. Além disso, ele foi um dos primeiros grandes traficantes de escravos no Atlântico.

Dor e sofrimento

Esta é uma história de dor e sofrimento cujos traços ainda são visíveis atualmente em muitos dos locais visitados pelo autor, como Luanda, em Angola; Ajudá, no Benim; Cidade Velha, em Cabo Verde; Liverpool, na Inglaterra; e o cais do Valongo, no Rio de Janeiro.

Maior território escravista do hemisfério ocidental, o Brasil recebeu cerca de 5 milhões de cativos africanos, 40% do total de 12,5 milhões embarcados para a América ao longo de três séculos e meio. Como resultado, o país tem hoje a maior população negra do planeta, com exceção apenas da Nigéria. Foi também, entre os países do Novo Mundo, o que mais tempo resistiu a acabar com o tráfico de pessoas e o último a abolir o cativeiro, por meio da Lei Áurea de 1888 — quatro anos depois de Porto Rico e dois depois de Cuba.

Os dois volumes seguintes ao Escravidão – Vol. 1, a serem publicados até as vésperas do bicentenário da Independência Brasileira, em 2022, serão dedicados ao século XVIII, o auge do tráfico de escravos, e ao movimento abolicionista que resultou na Lei Áurea de 13 de maio de 1888, chegando até o persistente legado da escravidão que ainda hoje assombra o futuro dos brasileiros.

 

Características

Autor: Laurentino Gomes
ISBN: 978-65-80634-01-9
Editora: Globo Livros
Ano de publicação: 2019
Capa: Brochura
Subtítulo: Do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares
No de páginas: 504
Edição: 1ª edição
Língua: Português (Brasil)
Dimensões: 22.9 x 15.2

Mais sobre o livro

Sobre o autor:

Laurentino Gomes

Paranaense de Maringá e seis vezes ganhador do Prêmio Jabuti de Literatura, Laurentino Gomes é autor de 1808, obra sobre a fuga da corte portuguesa de dom João para o Rio de Janeiro (eleito o Melhor Ensaio de 2008 pela Academia Brasileira de Letras); 1822, sobre a Independência do Brasil; e 1889, sobre a Proclamação da República; além de O caminho do peregrino, em coautoria com Osmar Ludovico da Silva— todos publicados pela Globo Livros. Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná, com pós-graduação pela Universidade de São Paulo, é titular da cadeira de número 18 da Academia Paranaense de Letras.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Escravidão – Vol. 1”